terça-feira, 4 de setembro de 2012

"VIDA REAL" E "FAZ DE CONTA".


 Antes mesmo de nascermos, nossos pais pensam em como será o nosso futuro, chegam ate a planejar, como bons pais fazem, sonhar por nos, eles sonham com um "príncipe" para a sua menina, ou seja, um homem educado, gentil, cavalheiro, amoroso, romântico, leal e protetor, embora eles saibam que não existe esse homem perfeito, e então nascemos, e somos impulsionadas a pensar da mesma forma, brincamos, assistimos e lermos na "fantasia de um conto de fadas".
 E então crescemos começamos a pensar individualmente, e engraçado que pensamos da mesma forma, mais com a certeza que contos de fadas não existe, mais procuramos o "homem príncipe", e por ironia do destino, nos apaixonamos pelo ogro, esses aqueles que não cumprem com as belas palavras, frustram as nossas expectativas, fingem ser o que não são, e o pior são desleais muitas vezes, e quando satisfeitos, desaparecem.

 É exatamente o contrario que muitos pensam, não existe amor a primeira vista, aquele rapaz do corredor, que derruba seus livros e diz com aquela voz dos céus, voz magnífica, a voz que todo homem deveria ter: Não, eu pego seus livros, pode deixar! E você imediatamente sente que é ele, o príncipe de seus sonhos mais belos, pensa imediatamente que sua vida está resolvida, não se iluda! Isso só acontece nos filmes, e no faz de conta, mais aqui na hora do “vamos ver”, não acontece e nunca. Saiba fazer suas escolhas com sabedoria, porque ainda existe o bom homem, é difícil, pois todas as pessoas, seja homem ou mulher tem seus defeitos, complicações e falhas, o segredo é escolher a pessoa por seu caráter, usando sempre a razão e nunca a emoção.

Agimos muito pela emoção e na maioria das vezes nos decepcionamos, a emoção é enganosa, namoramos com um príncipe, que achávamos que havíamos encontrados, e casamos com o ogro, e nos perguntamos: Será que sou eu? Porque está tudo tão mudado? Eu te respondo!
A paixão cega, e só agora você está curada de sua cegueira, agir pela razão, para fazer escolha é de extrema necessidade, e logo descobrirá que é possível fazer do Ogro um príncipe, é necessário sermos mulheres inteligentes, nas palavras e atitudes, e logo enxergaremos o ogro se idealizar em um príncipe, ser o homem ideal que não é sinônimo de perfeito, porque pessoas reais têm defeitos. Quando encontrar o seu menino ou a sua menina, cuide bem, pergunte se existe algo faltando, seja atencioso (a), e faça da floresta negra um paraíso, você tem o poder nas mãos de tonar as coisas melhores.
- Hadylla Nascimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário